Uma genealogia não muito santa

Muitas vezes queremos julgar as pessoa por sua origem, mas, não devemos fazer isso. Precisamos observar o testemunho e frutos que produzem, pois se pesquisarmos a genealogia de Jesus, talvez não O consideremos digno de confiança, como está em Lucas três.

“filho de Aminadabe, filho de Admim, filho de Arni, filho de Esrom, filho de Perez, filho de Judá,” (Lucas 3.33 NAA)

Ao olharmos a genealogia, encontramos: prostituta (Raabe), Judá (praticou incesto com Tamar), Davi (adúltero, assassino e tantas outras coisas) e assim, se formos percorrer e analisar cada um, encontraremos pessoas que não são dignas. Mas Deus olha estas coisas? Não! Ele olha o nosso coração, nossa motivação e o compromisso com a Sua vontade, não quem foram as pessoas que nos antecederam, nem o quanto pecaram.