Vida e morte

“Então, replicou: Pai, eu te imploro que o mandes à minha casa paterna, porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de não virem também para este lugar de tormento. Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os Profetas; ouçam-nos. Mas ele insistiu: Não, pai Abraão; se alguém dentre os mortos for ter com eles, arrepender-se-ão. Abraão, porém, lhe respondeu: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos.” (Lucas 16.27–31 RA).

Pensamos que podemos achar respostas sobre a vida e morte em todos os lugares ou mesmo como na história de Lázaro, onde o rico pede que seja enviado para testemunhar sobre o sofrimento da vida futura quando não entendemos a maneira de viver neste mundo. Então Abraão, que está com Lázaro na estória de Jesus afirma que pode ser aprendido através da lei para evitar o sofrimento futuro e gozar da verdadeira vida que Deus preparou para todos, mas que muitos não alcançarão.