Avançando para a maturidade

Não podemos ficar parados somente no ensino da salvação pela graça, precisamos avançar para a maturidade, sobre o que é perfeito como autor da carta aos Hebreus nos convida no capítulo seis, do versículo um ao três.

“Por isso, deixando os princípios elementares da doutrina de Cristo, avancemos para o que é perfeito, não lançando de novo a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus, o ensino de batismos e da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno. Isso faremos, se Deus o permitir.” (Hebreus 6.1–3 NAA)

O fundamento está claro, não precisamos mais perder tempo com isso, agora, temos que avançar para a maturidade, para compreendermos o nosso papel neste mundo, entender como devemos viver, a importância de revelarmos Cristo por meio de nossas vidas, sermos cartas vivas e o bom perfume que revela a fragrância da salvação. Fomos chamados para sermos imitadores de Cristo, para tornamos o nosso Deus invisível, visível neste mundo pela maneira como vivemos, não podemos perder tempo com outra coisa, é urgente a necessidade de amadurecimento para que a família de Deus cumpra o seu papel no mundo.