O falso mestre

foto por: SimoneVomFeld por Pixabay 

Quando lemos na segunda carta de Pedro, capítulo dois, podemos compreender a questão dos falsos profetas e mestres que surgirão em nosso meio, principalmente nos versículos dezenove e vinte que nos permite entender quem são eles:

Prometem-lhes a liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção, pois aquele que é vencido fica escravo do vencedor. Portanto, se, depois de terem escapado das contaminações do mundo mediante o conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, se deixam enredar de novo e são vencidos, o seu último estado se tornou pior do que o primeiro.” (2Pedro 2.19–20 NAA)

Como julgarmos e rejeitarmos os falsos profetas e não comungarmos com tais pessoas? Quando conhecemos as Escrituras e compreendemos que o fruto que produzem não revela a justiça de Deus, nem demonstra que está comprometido com a verdade. Rejeitam a palavra do Senhor, usam-na para justificar suas atitudes e ações, andando nas trevas, ensinando sofismas e conduzindo as pessoas para longe da verdade. Temos que ter o conhecimento das Escrituras para rejeitarmos todo ensino que procede do diabo, que deturpa o caminho e não glorifica ao Senhor.

O falso mestre não é uma novidade, pois sempre existiu no meio da família de Deus, mas nós, devemos nos comprometer com o Pai, com o conhecimento da Sua vontade, para rejeitarmos a comunhão com pessoas que deturpam a verdade.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s