Expressando o amor em favor dos outros

foto por: Single.Earth em Unsplash

Temos na situação em que Jesus é capturado, Ele não só se coloca à frente, como pede pela vida dos Seus discípulos, como podemos ler em João no capítulo dezoito, versículos oito e nove:

Então Jesus disse: — Já lhes falei que sou eu. Se é a mim que vocês estão procurando, deixem que estes vão embora. Ele disse isso para se cumprir a palavra que tinha dito anteriormente: “Não perdi nenhum dos que me deste.”” (João 18.8–9 NAA)

Não se trata de outra coisa, nem de outra atitude a tomar. Quando conhecemos a Deus, quando conhecemos e experimentamos do Seu amor, não teremos outra atitude que não a de preservar a vida dos outros, como Cristo, pois, em uma situação normal, segundo a maneira de pensar do mundo, o que está à frente não só se posiciona atrás dos seus seguidores, como conclama-os para que o defendam. Atitude bem diferente da que Cristo revelou: Ele se colocou à frente, e também, pediu para preservar os Seus discípulos. Que possamos aprender com a atitude de Cristo e nos posicionarmos da mesma maneira diante das circunstâncias da vida.

Somos chamados para sermos a oferta, revelarmos o amor de Deus, preservar as vidas daqueles que são imaturos, oferecendo-lhes o exemplo do que fazer para revelar o amor em favor das pessoas, para a glória do Pai.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE