Cremos nisso?

Quando compreendemos as palavras do Senhor e a Ele nos submetemos, revelamos o quanto cremos nas Suas promessas.

“Então Jesus declarou: — Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá. E todo o que vive e crê em mim não morrerá eternamente. Você crê nisto? Marta respondeu: — Sim, Senhor! Eu creio que o Senhor é o Cristo, o Filho de Deus que devia vir ao mundo.” (João 11.25–27 NAA)

Crermos que Cristo é o Messias, o Filho de Deus, que deveria vir ao mundo, para nos reconciliar com o Pai, e nos submetermos a Ele, como Senhor e Salvador, sabendo que a nossa salvação (reconciliação) não está fundamentada no que podemos fazer, mas no que o Pai fez por nós, compreendendo que é pela graça, por meio da oferta de Cristo, então recebemos da vida eterna do Criador, para vivermos neste mundo como Seu filho, pois participamos da mesma vida, da mesma natureza e fundamentamos tudo que somos e fazemos, nas palavras do Senhor.