Revelando hipocrisia religiosa

“Como eles insistiam na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: — Quem de vocês estiver sem pecado seja o primeiro a atirar uma pedra nela. E, inclinando-se novamente, continuou a escrever no chão. Mas eles, ouvindo essa resposta, foram saindo um por um, a começar pelos mais velhos até os últimos, ficando só Jesus e a mulher em pé diante dele. Levantando-se, Jesus perguntou a ela: — Mulher, onde estão eles? Ninguém condenou você? Ela respondeu: — Ninguém, Senhor! Então Jesus disse: — Também eu não a condeno; vá e não peque mais.” (João 8.7–11 NAA)

Esta mulher e somente ela, foi condenada por adultério, embora sejam necessários dois para que haja esse pecado. Mas, independente desta atitude, o que vemos são pessoas pecadoras, que se escondem atrás da religiosidade e prontamente condenam quem erra, mas não assumem os seus próprios pecados. Não podemos revelar hipocrisia religiosa como normalmente fazemos, mas temos que ser luz no mundo, andando como Cristo, revelando-O diante de todos.