A nossa comida

Não podemos e nem devemos ter outra comida que não a mesma declarada pelo Senhor.

“Jesus lhes declarou: — A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra. Vocês não dizem que ainda faltam quatro meses até a colheita? Eu, porém, lhes digo: Levantem os olhos e vejam os campos, pois estão maduros para a colheita.” (João 4.34–35 NAA)

Toda a nossa vida, ação, compromisso e empenho precisam estar focados como Cristo demonstra em Suas palavras. Nossa comida e nossa vida devem estar voltados para fazer e viver a vontade do Senhor. Todo o nosso empenho deve ser direcionado para andarmos na vontade do Pai, fazendo de nossas vidas a verdadeira oferta que traduza o culto que Lhe agrada: viver de forma plena a Sua vontade, testemunhando sobre o reino, sendo luz e conduzindo as pessoas ao conhecimento do Pai, Sua vontade e salvação.