Rejeitando o oculto e escuso

foto por: Meg MacDonald em Unsplash

Temos um evangelho a pregar, temos a salvação de Deus a revelar, por isso, não podemos agir segundo a carne, buscando os nossos interesses e nem manipulando as pessoas, como Paulo explica na sua segunda carta aos Coríntios, capítulo quatro, versículos um e dois:

Por isso, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi dada, não desanimamos. Pelo contrário, rejeitamos as coisas ocultas que trazem vergonha, não agindo com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus. E assim, pela manifestação da verdade, nos recomendamos à consciência de todos na presença de Deus.” (2Coríntios 4.1–2 NAA)

Não temos outra maneira de viver, nem mensagem a revelar, devemos aprender com Cristo por meio da pregação e da maneira como vivemos, não nos esquecendo que somos cartas vivas e o bom perfume de Cristo. Não somos chamados para adulterar a palavra de Deus, usando-a em nosso benefício e interesse, mas devemos, como filhos de Deus, nos comprometer com a Sua vontade, andar na verdade, praticar a justiça e proclamar as boas novas da salvação segundo a sabedoria de Deus, não usando de astúcias e nem de tentativa de enganar as pessoas, oferecendo o que não terão.

O evangelho que anunciamos não pode ser carregado de ações e atitudes manipuladoras com o intuito de enganar as pessoas, mas devemos aprender de forma viva e clara a verdade, alinhada com a expressão do que fazemos.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s