A importância do foco

“Porque Paulo já havia determinado não aportar em Éfeso, não querendo demorar-se na Ásia, porquanto se apressava com o intuito de passar o dia de Pentecostes em Jerusalém, caso lhe fosse possível.” (Atos dos Apóstolos 20.16 RA)

Talvez o que nos faz diferentes de Paulo é que ele tinha foco no que estava fazendo e era comprometido com o que se propunha a fazer. Podemos observar isso em todas as suas viagens. Nada o detinha. Se o Espírito o impedia de fazer algo que ele compreendia ser da vontade de Deus, ele buscava o discernimento e quando havia o entendimento, ele não procrastinava, mas buscava fazer imediatamente. Assim era a ida para Jerusalém. Ele sabia que tinha que ir e que depois ia para Roma, só não sabia como seria.

Que possamos ter a mesma visão, o mesmo foco e a mesma diligência em fazer a vontade de Deus.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s