Somos os responsáveis

foto por: Martin Olsson em Unsplash

No livro de Atos, capítulo dois, do versículo trinta e seis ao trinta e oito, podemos compreender a nossa responsabilidade na morte do Senhor Jesus:

Esteja absolutamente certa, pois, toda a casa de Israel de que a este Jesus, que vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo. Ouvindo eles estas coisas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.” (Atos dos Apóstolos 2.36–38 RA)

Nós, não só os religiosos na época de Jesus e nem só as pessoas que pediram a Sua crucificação foram responsáveis pela morte do Senhor, mas, todos nós, por causa dos nossos pecados, por escolhermos viver segundo o que pensamos, buscando os nossos interesses e fora da vontade de Deus. Todos nós somos responsáveis por Sua morte, portanto, conscientes disto devemos nos arrepender e nos submetermos a Cristo como Senhor e Salvador, pois foi constituído pelo Pai para ser o Messias prometido. Ao nos submetermos, crendo que somos salvos pela graça de Deus, por meio da obra de Cristo, tendo-O como Senhor e Salvador, somos reconciliados com o Pai e recebemos o perdão dos pecados.

Não tem como fugirmos, pois somos os responsáveis pela crucificação do Senhor por causa dos nossos pecados que nos mantém longe e separados de Deus. Somente ao nos arrependermos e nos submetermos é que somos reconciliados com Ele para aprendermos a viver na Sua vontade.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE