O reino de Deus é chegado

foto por: Jason em Unsplash

A expectativa de João quanto a vinda de Cristo não era diferente das demais pessoas quanto ao papel do Messias, mas Cristo revela que Ele estava cumprindo e realizando o que os profetas haviam afirmado, como podemos ler em Mateus, no capítulo onze, do versículo dois ao cinco:

Quando João ouviu, no cárcere, falar das obras de Cristo, mandou por seus discípulos perguntar-lhe: És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho.” (Mateus 11.2–5 RA).

Jesus traz o entendimento a João e aos seus discípulos que o que Ele estava fazendo era o que o profeta Isaias havia afirmado. Além de trazer cura, alívio às pessoas, também e principalmente, o anúncio do evangelho aos pobres. Compreendermos que este é o aspecto mais importante de nossas vidas: anunciar o evangelho. E quando o fazemos, estamos anunciando que o reino é chegado, que devemos colocar os nossos corações em buscar o conhecimento do Pai e a compreensão da Sua vontade, pois quando reconhecemos nossa miserabilidade diante do Senhor, somos aqueles a quem o reino de Deus pertence.

O reino de Deus não é para o arrogante, o cheio de si, e nem para aqueles que acham que são bonzinhos, mas, para aqueles que se veem como pobres diante do Criador e incapacitados para andar e viver a Sua vontade.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE