Perfeitos como o Pai

“Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos. Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo? Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.” (Mateus 5.43–48 RA)

Sermos como o Pai, agirmos como Ele, não é uma opção para nós, mas, expressão de que compreendemos quem somos Nele e a Sua obra em nosso favor, fazendo nos um novo ser, à imagem de Cristo, para vivermos neste mundo como Ele. Não se trata de nós, mas de compreendermos a vontade do Pai e o que Ele fez em nosso favor, para revelarmos o Seu amor a todas as pessoas que necessitam conhece-Lo. Amar como o Pai não se trata de um esforço, mas de compreendermos que o Seu amor foi derramado de forma abundante em nossas vidas para revela-Lo ao mundo. Somos perfeitos como o Pai quando revelamos este amor que Ele derramou por meio do Seu Espírito em nós, para que o revelemos às pessoas.