Obras que são íntegras

Não se trata de fazer de qualquer maneira, mas de entendermos que temos que realizar obras íntegras que revelam a verdade, por serem realizadas segundo a justiça eterna.

“— Ao anjo da igreja em Sardes escreva: “Estas coisas diz aquele que tem os sete espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as obras que você realiza, que você tem fama de estar vivo, mas está morto. Fique vigiando e fortaleça o restante que estava para morrer, porque verifiquei que as obras que você realiza não são íntegras na presença do meu Deus.” (Apocalipse 3.1–2 NAA)

Estamos equivocados quando pensamos que se trata simplesmente de fazer, mas temos que olhar a motivação do porquê fazemos. Se fizermos com o intuito de recebermos recompensa ou sermos abençoados, revelamos que não entendemos que as obras que realizamos não são íntegras e nem fundamentadas no amor de Deus, como uma oferta em favor da Sua vontade para alcançar as pessoas e revelar a glória do Pai.