Mesmo não encontrando crime

Não estamos aqui discutindo o plano de Deus e nem a Sua vontade, muito menos o que tinha planejado para que nós pudéssemos ser reconciliados, mas sim, a omissão de um homem por causa de seu posicionamento.

“Pilatos saiu outra vez e disse aos judeus: — Eis que eu o apresento a vocês, para que saibam que não encontro nele crime algum.” (João 19.4 NAA)

O que Pilatos fez não é diferente de nenhuma pessoas natural que simplesmente está interessada em defender os seus interesses e não a verdadeira justiça. Ele não estava disposto a perder o seu cargo e influência por defender um “zé ninguém”. Ele tinha consciência que Jesus não tinha cometido pecado, mas mesmo assim, entregou-O para ser condenado, preservando os seus interesses.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s