No desconhecimento há o medo

Os pais do cego de nascença é um exemplo para nós da falta de entendimento, pois são levados ao medo de perder a religião, por afirmar algo que não tinham convicção.

“Então os pais responderam: — Sabemos que este é o nosso filho e que nasceu cego, mas não sabemos como agora está vendo. E também não sabemos quem lhe abriu os olhos. Perguntem a ele, pois já tem idade e poderá falar por si mesmo. Os pais dele disseram isso porque estavam com medo dos judeus, pois estes já tinham combinado que, se alguém confessasse que Jesus era o Cristo, seria expulso da sinagoga.” (João 9.20–22 NAA)

Quando não conhecemos o Pai, não temos entendimento de Sua vontade e as Escrituras é algo que dominamos, nós seremos, como os pais do cego, escravos do medo, das incertezas e do domínio que pessoas querem exercer sobre as nossas vidas, nos conduzindo a sermos escravos delas e de nossos medos, não nos encaminhando à liberdade e a compreensão da vontade do Pai.