O nosso ensino deve ser do Senhor

foto por: Leonhard Niederwimmer em Unsplash

Assim como o Senhor testemunhou, devemos também, proclamar segundo a vontade Daquele que nos chamou, como podemos ler no evangelho de João, no capítulo sete, do versículo quinze ao dezoito:

“Então os judeus se maravilhavam e diziam: — Como é que ele pode ser letrado, se não chegou a estudar? Jesus lhes respondeu: — O meu ensino não é meu, mas daquele que me enviou. Se alguém quiser fazer a vontade de Deus, conhecerá a respeito da doutrina, se ela é de Deus ou se eu falo por mim mesmo. Quem fala por si mesmo está buscando a sua própria glória; mas o que busca a glória de quem o enviou, esse é verdadeiro, e nele não há falsidade.” (João 7.15–18 NAA)

Não temos outro testemunho, nem outras palavras a proclamar. Nossa responsabilidade é declarar a mensagem proferida pelo nosso Senhor, andando na mesma motivação e sendo oferta em favor da vontade do Pai, para glorificarmos o Seu nome e andarmos na Sua justiça e revelarmos a Sua salvação a todos para que se acheguem à luz e assim, tendo o entendimento iluminado e recebendo a salvação de nosso Deus, andem na verdade.

O nosso ensino deve ser o mesmo do Senhor para que Ele receba toda a glória e o Seu nome seja exaltado pelo bom testemunho que damos por andarmos na justiça, praticando a verdade e revelando o Pai por meio de nossas vidas.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE