O cuidado que devemos ter

foto por: Markus Splisser em Unsplash

Não podemos nos afastar da simplicidade do evangelho, como Paulo instrui os irmãos de Corinto em sua segunda carta, no capítulo onze, do versículo um ao três:

Eu gostaria que vocês me suportassem um pouco mais na minha loucura. Portanto, suportem-me. Tenho zelo por vocês com um zelo que vem de Deus, pois eu preparei vocês para apresentá-los como virgem pura a um só esposo, que é Cristo. Temo que, assim como a serpente, com a sua astúcia, enganou Eva, assim também a mente de vocês seja corrompida e se afaste da simplicidade e pureza devidas a Cristo.” (2Coríntios 11.1–3 NAA)

Todo o processo de Deus é para nos preparar para as promessas e para andarmos na presença de nosso Senhor, mas não podemos nos afastar da simplicidade do evangelho e acharmos que se trata de nós, do nosso esforço, de nossas regras e do serviço que realizamos. As promessas são de Deus para nós e somos justificados e aceitos por nos submetermos e crermos no que Ele afirmou, mas quando achamos que se trata de nós e nosso esforço, estamos equivocados e caminhando em direção ao pensamento natural e não à simplicidade do evangelho que somos chamados para vivermos.

Devemos revelar cuidado com o que temos ouvido e para onde este tipo de pensar tem nos levado, pois não podemos nos afastar da simplicidade do evangelho que nos conduz a vivermos na plenitude da vontade do Pai e o revelar da Sua vida no mundo.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE