Agirmos como Cristo

foto por: Zetong Li em Unsplash

Quando olhamos a atitude de Jesus quanto ao chefe da sinagoga, como agiríamos? Esta é a questão que precisamos repensar. Vamos ler Marcos, capítulo cinco, do versículo vinte e dois ao vinte e quatro:

Então chegou um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo, e, vendo-o, prostrou-se aos pés de Jesus e lhe pediu com insistência: — Minha filhinha está morrendo; venha impor as mãos sobre ela, para que seja salva e viva. Jesus foi com ele. Uma grande multidão seguia Jesus, apertando-o de todos os lados.” (Marcos 5.22–24 NAA)

Normalmente os religiosos eram hostis a Cristo e ao que estava fazendo, pois rompia com toda a religiosidade, mas diante do pedido de um pai, chefe da sinagoga, como reagiríamos? Expressaríamos a compaixão e nos moveríamos em seu favor ou simplesmente desconsideraríamos o seu pedido? As coisas que pensarmos, as nossas atitudes revelam o nosso entendimento e o compromisso com o Pai e o Seu reino. Temos e precisamos revelar os valores do reino e não andar pelos nossos sentimentos, mas segundo a vontade de Deus.

Precisamos agir como Cristo em todas as situações, revelando compaixão e misericórdia independente de quem seja, se merece ou não, pois nossa responsabilidade é revelar o Pai e o Seu amor em favor dos homens.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s