Não é posição, mas dependência

“Naquela hora, aproximaram-se de Jesus os discípulos, perguntando: Quem é, porventura, o maior no reino dos céus? E Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles. E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.” (Mateus 18.1–4 RA)

Entendermos que viver o reino de Deus não está vinculado à posição que ocupamos, nem o quanto sabemos e muito menos o que fazemos, mas o reconhecimento que dependemos inteiramente Dele, pois é quando revelamos a humildade, pelo reconhecimento de nossa miserabilidade é que haverá possibilidade de sermos usados pelo poder de Deus, para realizarmos a obra segundo a Sua vontade e não fundamentada em nosso conhecimento e experiência pessoal, mas dependendo completamente Dele como uma criança depende de seus pais.