De forma quase invisível

foto por: Stephen Leonardi em Unsplash

O reino de Deus cresce de maneira quase invisível, onde os que estão próximos vão se contaminando com a Palavra, assim como o fermento que atua em uma massa, como podemos ler em Mateus, capítulo treze, versículo trinta e três:

Disse-lhes outra parábola: O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.” (Mateus 13.33 RA)

Como algo tão imperceptível pode se tornar uma realidade para as pessoas? Quando compreendemos de fato o que seja o reino de Deus, entendendo que não se trata de regras, de imposição, mas de expressão das virtudes do Pai. Temos que compreender que o reino não se expande por pressão ou medo, mas por revelarmos ao mundo Aquele que nos libertou e nos fez filhos, para que pudéssemos manifestar o Seu amor, graça, misericórdia, compaixão, bondade, paciência. Conquistamos as pessoas e as levamos ao conhecimento do Pai, fazendo-O presente em nossas ações, por isso o reino é como um fermento na massa.

Somente quando compreendermos que é ao revelarmos o Pai e o Seu reino, andando segundo o Seu coração que o reino cresce de forma quase invisível, como um fermento na massa e quando percebemos está completamente fermentada.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE