Não é fazer por quem pode devolver

foto por: Valiant Made em Unsplash

Jesus ensinando aos religiosos, afirma em Lucas, no capítulo quatorze, do versículo doze ao quatorze:

Disse também ao que o havia convidado: Quando deres um jantar ou uma ceia, não convides os teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem vizinhos ricos; para não suceder que eles, por sua vez, te convidem e sejas recompensado. Antes, ao dares um banquete, convida os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos; e serás bem-aventurado, pelo fato de não terem eles com que recompensar-te; a tua recompensa, porém, tu a receberás na ressurreição dos justos.” (Lucas 14.12–14 RA).

Quando lemos sobre este ensino, compreendemos que o reino de Deus não se trata de fazer para aqueles que podem nos devolver o favor, mas precisamos antes de mais nada, fazer por aqueles que sabemos que não serão capazes de nos devolver o que ofertamos com alegria. O reino não se trata de fazer para receber, mas de se fazer oferta, mesmo sabendo que não receberemos nada em troca. Tudo que fizermos, deve ser porque é da vontade do Pai, porque glorifica o Seu nome, revela que O conhecemos e porque enche a terra com o conhecimento da Sua glória.

Por isso, vivermos o reino de Deus neste mundo é entendermos que não é fazermos as coisas para aqueles que podem nos recompensar, mas, agirmos em favor daqueles que sabemos que nunca poderão nos retribuir o que fizemos.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE