A oferta de Cristo

A oferta de Cristo

foto por: Cosmic Timetraveler em Unsplash

A oferta de Cristo na cruz em nosso favor foi única e definitiva, pois com o Seu sacrifício, fomos comprados para Deus, tivemos o nosso pecado remido e fomos apresentados diante Dele: santos, inculpáveis e irrepreensíveis. Tendo este entendimento, compreendemos que precisamos nos submeter a Cristo para andarmos como Ele, sendo oferta em favor das pessoas, negando a nós mesmos para que possam conhecer o Pai e a Sua vontade.

Jesus se ofertou para fazer a vontade do Pai, como está em Hebreus, capítulo dez, versículos oito e nove:  “Depois de dizer, como acima: Sacrifícios e ofertas não quiseste, nem holocaustos e oblações pelo pecado, nem com isto te deleitaste (coisas que se oferecem segundo a lei), então, acrescentou: Eis aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade. Remove o primeiro para estabelecer o segundo.” (Hebreus 10.8–9, BEARA).

Quando Ele se colocou debaixo dessa vontade, fomos santificados pela Sua oferta, como podemos ler no versículo dez: “Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas.” (Hebreus 10.10, BEARA). Quando nos submetemos a Cristo, conscientes de Sua oferta, Ele nos aperfeiçoa para sempre, para que aprendamos a viver a vontade do Senhor, como está no versículo quatorze:  “Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados.” (Hebreus 10.14, BEARA).

Nossa jornada, com este entendimento, é santificar os nossos atos para que em nossos relacionamentos Deus possa ser proclamado e o Seu nome santificado e glorificado por causa das obras que realizamos. Obras que expressam e revelam Cristo ao mundo.

Anúncios