Já não haverá demora…

foto por: Andy Beales em Unsplash

Haverá, no final dos tempos, muita angústia, dor. Tudo isso, é responsabilidade nossa como pessoas que se afastaram do Deus vivo, que rejeitaram Sua vontade, Seu plano e decidiram viver pelas próprias paixões como donos de si mesmas. Devemos buscar o entendimento, o conhecimento de Sua vontade, sermos zelosos nesta empreitada, colocando um coração sincero no desejo de conhecê-Lo para que possamos ter o entendimento iluminado e assim, deixando de agir como pessoas naturais, nos convertendo ao Deus vivo, pois o tempo é curto, já não nos resta muito, pois não haverá demora para que todas as coisas aconteçam conforme a vontade do Pai.

Em Apocalipse, um anjo fala que o tempo está curto, como podemos ler no capítulo dez, versículos seis e sete: “e jurou por aquele que vive pelos séculos dos séculos, o mesmo que criou o céu, a terra, o mar e tudo quanto neles existe: Já não haverá demora, mas, nos dias da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á, então, o mistério de Deus, segundo ele anunciou aos seus servos, os profetas.” (Apocalipse 10.6–7, BEARA).

Desejemos compreender a vontade de Deus, devemos almejar ardentemente que o Senhor venha e restaure todas as coisas conforme a Sua vontade, mas precisamos ter o entendimento do nosso papel neste mundo, a vocação que temos Nele e o nosso chamado, para não agirmos segundo o pensamento natural, sendo religiosos, mas, filhos que revelam o Pai e manifestam a Sua glória diante dos homens, iluminando o entendimento e conduzindo as pessoas à reconciliação com o Criador.

Anúncios