Como alcançar a vida eterna?

foto por: Patrick Hendry em Unsplash

A vida eterna não é definida no futuro, mas no presente e precisamos conhecer e compreender o que Deus fala com relação a isso, para não agirmos de forma equivocada como se pudéssemos alcançar alguma coisa por nós mesmos.

A vida eterna não está nas obras que fazemos, pois elas existem para que expressemos Deus. A vida eterna é obra da justiça de Deus, do Seu repartir conosco, da Sua oferta em nosso favor, pois foi na cruz que Cristo cumpriu a justiça em nosso favor para que pudéssemos conhecer o Pai e a Sua vontade.

 Jesus ensinando no evangelho de João, capitulo cinco, versículo vinte e quatro, afirma: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.” (João 5.24, BEARA).

A vida eterna é decorrente de crermos em Cristo, na Sua obra em nosso favor, de reconhecermos que Ele foi a oferta do Pai, para que crêssemos que o que Ele fez é pleno e suficiente para nos salvar. Quando temos o nosso entendimento iluminado e nos submetemos a Cristo como Senhor e Salvador, crendo que Ele fez tudo por nós e que somos salvos pela graça, recebemos da vida de Deus, da vida eterna do Criador para andarmos neste mundo como Seus filhos.

Se temos a vida de Deus, se O conhecemos e compreendemos a Sua vontade, então, entendemos que temos que realizar as mesmas obras que Ele. Por isso, quem é filho, pratica as obras do Pai e elas O glorificam. Elas não são realizadas para alcançarmos alguma coisa ou sermos recompensados, mas simplesmente para expressarmos que conhecemos o Pai e a Sua vontade e revelarmos a nossa fé Naquele que nos salvou e nos redimiu para sermos o Seu povo.

Anúncios