Aprendendo a enxergar o operar de Deus

foto por: Tiko Giorgadze em Unsplash

Tendo os irmãos o conhecimento que Pedro esteve na casa de gentios, começaram a discutir com ele sobre o assunto. Podemos ler sobre isso em Atos, capítulo onze, do versículo um ao quatro: “Chegou ao conhecimento dos apóstolos e dos irmãos que estavam na Judéia que também os gentios haviam recebido a palavra de Deus. Quando Pedro subiu a Jerusalém, os que eram da circuncisão o argüiram, dizendo: Entraste em casa de homens incircuncisos e comeste com eles. Então, Pedro passou a fazer-lhes uma exposição por ordem,…” (Atos dos Apóstolos 11.1–4, BEARA).Precisamos apreender a ver o operar de Deus no nosso dia a dia, abandonando os nossos preconceitos, nossa religiosidade e achar que Ele é somente para nós e não para os outros. Precisamos parar com a nossa religiosidade e entendermos a graça e o Seu operar, para fazermos de nossas vidas a verdadeira oferta e sermos a sua expressão a todos para que conheçam o Pai e a Sua vontade.

Quando somos escravos de nossa religiosidade, achando que nossos dogmas, regras e pontos de vista são mais importantes que a vontade de Deus, então temos que parar e repensar, pois precisamos aprender a enxergar o Seu operar e compreender que nós, somente nós, somos a oferta para que todos, em todos os lugares possam conhecê-Lo e a Sua vontade. Somos o instrumento de reconciliação e responsáveis por ensinar outros a viverem essa vontade.

Anúncios