Entendendo o Reino e o maior nele

foto por: Ethan Hu em Unsplash

O poder que recebemos, derramado em nossas vidas pelo Espírito Santo, não é para que sejamos tiranos e usemos disto em benefício próprio, mas, baseados na autoridade que recebemos, compreendamos que temos que viver como filhos de Deus, à semelhança de Cristo e que a nossa vida seja para servir às pessoas e não as usarmos para alcançarmos os nossos interesses.

Jesus ensinando aos discípulos sobre quem era o maior no Reino e como deveria fazer, fala sobre isso, em Mateus, capítulo vinte, do versículo vinte e cinco ao vinte e oito: “Então, Jesus, chamando-os, disse: Sabeis que os governadores dos povos os dominam e que os maiorais exercem autoridade sobre eles. Não é assim entre vós; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva; e quem quiser ser o primeiro entre vós será vosso servo; tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.” (Mateus 20.25–28, BEARA).

Fomos chamados para darmos nossas vidas como Cristo. Prestarmos o verdadeiro culto que agrada a Deus, com entendimento, pois ofertamos os nossos membros à justiça, para que por meio de nossas vidas, o mundo possa conhecê-Lo. Servimos às pessoas e uns aos outros, e só assim, seremos modelos para o rebanho. E sendo modelos, podemos ensinar outros a viverem da mesma maneira e a prestarem o verdadeiro culto que agrada ao Pai.

Anúncios