Não nos envergonharmos do testemunho a dar

dar o testemunho em todos os lugares

foto por: Ihor Malytskyi em Unsplash

O que recebemos de Deus não dependeu do nosso esforço ou mérito, mas única e exclusivamente da Sua graça, do Seu plano antes mesmo da criação do mundo. Ele tinha o propósito de nos salvar por meio de Cristo Jesus. Ele veio ao mundo para ser o exemplo de oferta em favor das pessoas. E tantos outros que compreenderam esta graça, sofreram, padeceram, se ofertaram pelas pessoas, mas não deixaram de testemunhar do evangelho de Deus e nem da Sua vontade. Eles ofertaram as suas vidas e nós, baseados neste exemplo temos que fazer o mesmo, sabendo que somos salvos, conduzidos a Deus por causa da Sua graça e amor por nós.

Paulo escrevendo a Timóteo, em sua segunda carta, fala sobre isso, no capítulo um, do versículo oito ao dez: “Portanto, não se envergonhe de dar o seu testemunho a favor do nosso Senhor, nem se envergonhe de mim, que estou na cadeia porque sou servo dele. Pelo contrário, com a força que vem de Deus, esteja pronto para sofrer comigo por amor ao evangelho. Deus nos salvou e nos chamou para sermos o seu povo. Não foi por causa do que temos feito, mas porque este era o seu plano e por causa da sua graça. Ele nos deu essa graça por meio de Cristo Jesus, antes da criação do mundo. Mas agora ela foi revelada a nós por meio do glorioso aparecimento de Cristo Jesus, o nosso Salvador. Ele acabou com o poder da morte e, por meio do evangelho, revelou a vida que dura para sempre.” (2Timóteo 1.8–10, NTLHE).

Que possamos compreender a libertação recebida e entendermos que temos que ser a oferta em favor das pessoas, sendo sal nesta terra e luz neste mundo, para que todos possam alcançar a liberdade que recebemos por meio de Cristo Jesus e assim o reino de Deus se espalhe em todas as nações, em todos os lugares onde pusermos as plantas de nossos pés, não nos envergonhando do evangelho e nem do testemunho que temos que dar como filhos de Deus.

Anúncios