Se soubéssemos a paz que nos está reservada!

Se soubéssemos a paz que nos está reservada!

foto por: Willian Justen de Vasconcellos em Unsplash

Se todos pudéssemos compreender a plena paz que nos está reservada por meio de Cristo, não teríamos a mesma atitude rebelde de Jerusalém quando o Senhor anunciou o reino no seu meio, pois Deus deseja a nossa salvação, reconciliação e que experimentemos a plenitude de vida que nos é reservada por meio Dele.

Quanto a Jerusalém, podemos ler sobre a declaração de Cristo, no evangelho de Lucas, capítulo dezenove, versículos quarenta e um e quarenta e dois: “Quando Jesus chegou perto de Jerusalém e viu a cidade, chorou com pena dela e disse: Ah! Jerusalém! Se hoje mesmo você soubesse o que é preciso para conseguir a paz! Mas agora você não pode ver isso.” (Lucas 19.41–42, NTLHE).

Que possamos pedir por discernimento, para termos o entendimento iluminado de maneira a compreendermos a salvação que nos é concedida por meio de Cristo e a verdadeira vida que temos nela, com a paz abundante que Ele nos promete e assim, nos submetermos, andando neste mundo como Seus discípulos e experimentando a plenitude que nos é prometida para aprendermos a agir como Ele, como oferta em favor da vontade do Pai.