O revelar da natureza divina

foto por: Breno Machado on Unsplash

Devido a nossa falta de entendimento e busca pelo poder de Deus, muitas vezes nos esquecemos de pequenos detalhes que são extremamente importantes. Temos um chamado e ele está relacionado a revelarmos a natureza de Deus, a manifestarmos neste mundo quem Ele é e a Sua glória. Não vivemos para buscar e nem revelar o Seu poder, pode até acontecer, mas não é este o propósito de nossas vidas como pessoas e como membros do Corpo.

Jesus falando com relação a este tipo de coisa, quando Lázaro morreu, em João, capítulo onze, versículo quatro diz: “Quando Jesus recebeu a notícia, disse: — O resultado final dessa doença não será a morte de Lázaro. Isso está acontecendo para que Deus revele o seu poder glorioso; e assim, por causa dessa doença, a natureza divina do Filho de Deus será revelada.” (João 11.4, NTLHE).  Como o propósito não era só revelar o poder, mas a natureza divina, Ele ficou ainda dois dias onde estava, como está no versículo seis: “Porém quando soube que Lázaro estava doente, ainda ficou dois dias onde estava.” (João 11.6, NTLHE).

Nós como filhos, não temos o propósito de mostrar o poder de Deus, mas, revelarmos a Sua natureza divina por meio de nossas vidas. O revelamos quando manifestamos a Sua graça, Sua compaixão, Seu amor e cuidado pelas pessoas. Quando entendemos que em toda situação precisamos manifestar a Sua graça e amor às pessoas que nos cercam. Temos e precisamos amadurecer no conhecimento da Sua vontade para sermos o instrumento de Sua revelação ao mundo.

Anúncios