Amar é o mais importante mandamento

Amar é o mais importante mandamento

foto por:  Vaisakh Shabu em Unsplash

Jesus ensinando, fala sobre a importância do amor, não no sentido de gostar muito, mas no entendimento de oferta que temos que fazer em favor do outro para que possa compreender a vontade de Deus.

A conversa de Jesus com o interprete da lei descrita em Mateus, capítulo vinte e dois, do versículo trinta e cinco ao quarenta se desenvolve da seguinte maneira: “E um deles, intérprete da Lei, experimentando-o, lhe perguntou: Mestre, qual é o grande mandamento na Lei? Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.” (Mateus 22.35–40, BEARA).

Por que a Lei depende destes dois mandamentos? Por um simples motivo: quem ama como Deus não faz e nem deseja o mal para o próximo. Amar não se trata de gostar muito, segundo a conveniência e o atendimento de nossos interesses, mas de compreendermos que temos que ofertar nossas vidas em favor da vontade de Deus para que assim possamos amar as pessoas como Ele.

Todo o nosso compromisso tem e precisa ser com o Pai e a Sua vontade e todo o Seu amor se revela no plano que tem para todos chegarem à maturidade, por isso, todo o nosso empenho é para que todas as pessoas que andam conosco possa conhecer o amor do Pai e assim se converterem e cumprirem em suas vidas estes dois mandamentos para haver a expressão do reino no mundo.

Anúncios