Fazermos uma oferta em favor dos outros!

A reconciliação com Deus, a plenitude de vida, a compreensão da verdadeira vida está em recebermos Dele o que nos ofertou sem qualquer merecimento da nossa parte, que é a comunhão com Ele, pela Sua graça, por meio da fé em Cristo Jesus.

Por isso, Paulo, em Atos dos apóstolos, fala sobre isso no capítulo treze, nos versículos trinta e dois e trinta e três:  “ — E nós estamos aqui para trazer o evangelho a vocês. Deus fez agora para nós o que havia prometido aos nossos antepassados: ele ressuscitou Jesus, como está escrito no Salmo número dois: “Você é o meu Filho; hoje eu me tornei o seu Pai.”” (Atos dos Apóstolos 13.32–33, NTLHE). E completa nos versículos trinta e dois e trinta e nove: “ Meus irmãos, todos vocês precisam saber com certeza que é por meio de Jesus que a mensagem do perdão de pecados é anunciada a vocês. Precisam saber também que quem crê é libertado de todos os pecados dos quais a Lei de Moisés não pode livrar.” (Atos dos Apóstolos 13.38–39, NTLHE) .

E assim, eles anunciando a mensagem a judeus e não judeus, vivendo segundo a vontade de Deus, fazendo das suas vidas uma oferta em favor das pessoas, testemunhando em obras e palavras das virtudes do Criador, espalhava a mensagem da salvação a todos os homens. E no versículo quarenta e nove temos registrado: “ A palavra do Senhor se espalhou por toda aquela região.” (Atos dos Apóstolos 13.49, NTLHE).

Ela não só se espalhou, mas graças a oferta de Paulo e Barnabé é que nós recebemos a mensagem da salvação de Deus que não podemos rejeitar. Além disto, precisamos fazer da nossa vida uma oferta em favor dos outros, sendo exemplos, testemunhas vivas da transformação operada por Deus, vivendo o Seu reino entre os homens, para que esta mensagem se espalhe em nossos dias.

Anúncios