Submetendo aos planos de Deus

Temos várias situações descritas na bíblia que podemos compreender à luz de nossos dias e não nos revoltarmos com a situação, achando que Deus está nos punindo ou que não goste de nós, pois Ele, como soberano sobre todas as coisas, conduz tudo segundo a Sua vontade e no realizar do Seu plano.

Sob qual perspectiva os pais de Moisés olharam quando tiveram que abandonar o filho nas águas do Nilo? Já pensamos sobre isso? Por conhecermos a história, aceitamos de bom grado, pois compreendemos o plano de Deus, mas imaginemos que não soubéssemos o que iria acontecer logo depois, qual seria o nosso pensamento? Qual seria a dor daquela mãe?

Deus tinha um plano e um propósito. Ele queria que Moisés fosse educado em toda a ciência dos egípcios para poder ser o instrumento que Ele precisava para libertar o povo de Israel e os conduzir pelo deserto.

Podemos ler em Atos, quando do relato de Estevão, diante do sinédrio, capítulo sete, versículo vinte e dois: “ E assim ele foi instruído em toda a ciência dos egípcios e se tornou um homem que falava e agia com autoridade.” (Atos dos Apóstolos 7.22, NTLHE).

Por isso, as lutas, problemas, dificuldades, doenças e separações a que muitas vezes somos submetidos sem que planejássemos ou desejássemos e que não estão debaixo do nosso controle, por mais dolorosa que seja, precisamos aprender a olhar sob a perspectiva da eterna boa vontade de Deus, pois Ele é soberano sobre todas as coisas e tem cuidado de nós, nos ama e quer o melhor para nós, mesmo que a situação que estamos vivendo pareça dizer ao contrário.

Anúncios