O significado de vigiar e estar atento

Ao compreendermos o que o Senhor espera de nós, ao termos o entendimento que não se trata de ficar orando e indo às reuniões, mas, vivendo segundo a Sua vontade, sujeitos a Ele, seguindo o Seu modelo, praticando a justiça do reino, andando em comunhão, sendo instrumentos de salvação porque revelamos as Suas virtudes, fazendo obras que O glorificam, então, estamos vigiando e atentos, pois sempre estaremos prontos para a vinda do Senhor.

Jesus falando sobre o dia, primeiro que não é de conhecimento de todos, somente de Deus e que será semelhante aos dias de Noé, precisamos agir, como se Ele sempre voltasse no próximo instante.

Podemos ler sobre isso em Mateus, no capítulo vinte e quatro, versículos trinta e seis e trinta e sete:

Jesus continuou, dizendo: — Mas ninguém sabe nem o dia nem a hora em que tudo isso vai acontecer, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai. A vinda do Filho do Homem será como aquilo que aconteceu no tempo de Noé.” (Mateus 24.36–37, NTLHE). E ai, Ele explica nos versículos trinta e oito e trinta e nove: “ Pois, antes do dilúvio, o povo comia e bebia, e os homens e as mulheres casavam, até o dia em que Noé entrou na barca. Porém não sabiam o que estava acontecendo, até que veio o dilúvio e levou todos. Assim também será a vinda do Filho do Homem.” (Mateus 24.38–39, NTLHE).

Depois de falar sobre isso, Ele afirma no versículo quarenta e dois: “Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor.” (Mateus 24.42, NTLHE).

A única forma de estarmos atentos e vigilantes é quando, em todo o tempo, estamos fazendo o que é agradável ao Senhor, isto é, se estamos fazendo segundo o modelo que Ele deixou. E precisamos entender que fomos capacitados, que recebemos de Deus tudo que precisamos para viver como Lhe agrada, e principalmente, precisamos colocar o nosso coração em conhecer o Pai, pois quando assim fazemos, vamos entender a Sua natureza, Seu caráter e andaremos neste mundo segundo o que Ele é, revelaremos as Suas virtudes, expressaremos o reino entre as pessoas, conduzindo-as ao Seu conhecimento. Ao vivermos e fazermos assim, porque Deus disse que assim podemos, isto é, revelando o reino porque somos filhos, estaremos agradando ao Senhor, estaremos vigilantes e esperando a Sua volta.

Anúncios