Sendo perfeito como perfeito é o nosso Deus

Temos em Jesus o exemplo de como agir neste mundo e o tipo de reação a revelar diante das situações. Para fazermos isso, precisamos da consciência e entendimento que somos novas criaturas e que recebemos da vida de Deus, partilhamos da Sua natureza para sermos como o Cristo e assim, leva-Lo por meio de nossas ações ao mundo, revelando o Seu amor e Graça.

Como filhos, não podemos ficar com raiva do irmão e nem chama-lo de idiota (Mt:5:22), nem pensar na perspectiva de fazer oferta a Deus, quando temos um irmão que tem uma queixa contra nós (Mt 5:23-24).

Não podemos olhar para o próximo e desejar usar do mesmo para satisfazer os nossos desejos e apetite sexual como se o outro fosse objeto de nosso prazer, isto é adultério (Mt 5:28).

Não devemos ser pessoas de pensamento doble, devemos sempre ter a convicção e nos posicionarmos com um “sim” ou um “não” diante das pessoas (Mt 5:37).

Se alguém nos ofende, nos maltrata, nos humilha como foi com Cristo, devemos continuar a nos oferecer para que conheçam a Deus (Mt 5:39). O mesmo se alguém quiser tomar algo de nós, devemos deixar que leve e até entregar mais, pois assim deve ser a nossa vida em favor dos outros para que sejam salvos (Mt 5:40). Agora, se nos obrigarem a fazer algo, devemos nos empenhar e fazer mais do que foi pedido (Mt5:41). Se pedirem algo, devemos dar, se quiserem emprestado, também, devemos emprestar (Mt 5:42).

E a verdadeira expressão de quem somos, revelamos, quando amamos os nossos inimigos, suprimos as suas necessidades, matamos-lhe a fome e sede, pois assim faz o nosso Pai com todos. Amar somente os que nos amam e nos fazem o bem, revelamos que somos religiosos e não filhos de Deus (Mateus 5:44-46).

Precisamos fazer mais, exceder o pensamento natural, temos que ser perfeitos como é o nosso Pai, como o Senhor falou no versículo quarenta e oito: “Portanto, sejam perfeitos, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu.” (Mateus 5:48, NTLH).

Não devemos agir diferente disto, viver de forma diferente. Se quisermos agir como Cristo, revelar o nosso Deus ao mundo, converter corações à Sua vontade, não tem outra forma de agirmos que não seja sendo perfeitos como Ele é, com o entendimento que fomos capacitados para fazer isso, como é do Seu  querer.

Anúncios