Tudo é para o nosso testemunho e para perseverarmos

foto por: Johannes Plenio em Unsplash

No livro de Apocalipse, capítulo vinte e dois, versículos dez e onze, lemos:

Disse-me ainda: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque o tempo está próximo. Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se.” (Apocalipse 22.10–11 RA).

Todas as palavras que lemos, todo testemunho que vemos no livro de Apocalipse servem para nós como instrumento para que perseveremos na jornada que Deus nos chamou para andar. Somos justificados e chamados para andar na verdade, praticando a justiça e santificando o nosso proceder. Por causa das promessas que temos, não podemos abandonar a jornada, não podemos nos omitir de nossa responsabilidade de revelar o nosso Deus e Sua glória ao mundo. Temos que nos santificar, abandonar a prática das obras da carne, segundo o pensamento natural e nos revestirmos de Cristo, santificando e revelando a glória de nosso Deus, apresentando-O à todas as pessoas com quem nos relacionamos.

Precisamos continuar na prática da justiça e no ato de santificar o nosso proceder, pois tudo que fazemos é para o testemunho e para nos incentivar a continuar perseverando na caminhada, rumo à plena estatura de Cristo, para nos enchermos Dele e assim, revelarmos o Pai ao mundo.

Ouça a mensagem no agregador de PODCAST de tua preferência:

CASTBOX, SPOTFY, DEEZER ou GOOGLE