O empenho pelo fruto na vida do outro

“Então, Jesus proferiu a seguinte parábola: Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha e, vindo procurar fruto nela, não achou. Pelo que disse ao viticultor: Há três anos venho procurar fruto nesta figueira e não acho; podes cortá-la; para que está ela ainda ocupando inutilmente a terra? Ele, porém, respondeu: Senhor, deixa-a ainda este ano, até que eu escave ao redor dela e lhe ponha estrume. Se vier a dar fruto, bem está; se não, mandarás cortá-la.” (Lucas 13.6–9 RA).

A vida no reino de Deus não se trata somente de nós e nem do quanto estamos produzindo frutos, mas do nosso entendimento que devemos ser oferta na vida do outro sendo o seu próximo, para que o ajudando e suportando em sua caminhada, possamos ser o instrumento para que ele também produza frutos para o reino de Deus.