Pronta obediência e sujeição a vontade de Deus

Pronta obediência e sujeição a vontade de Deus

foto por: Ingmar H em Unsplash

No evangelho de Mateus, capítulo um, versículos vinte e quatro e vinte e cinco, podemos ler:

Quando José acordou, fez o que o anjo do Senhor havia mandado e casou com Maria. Porém não teve relações com ela até que a criança nasceu. E José pôs no menino o nome de Jesus.” (Mateus 1.24–25, NTLHE).

Precisamos aprender com o exemplo de José, pois mesmo querendo se separar de Maria, ao compreender o que Deus tinha feito, ele prontamente obedeceu ao que lhe tinha sido pedido. Assim como ele, precisamos obedecer e nos sujeitarmos à vontade de Deus.

Aprendermos a obedecer é o que nos conduz à maturidade e a cumprirmos o plano e a vontade de Deus, pois muitas vezes não compreendemos o todo, mas, temos que confiar que os Seus planos e vontade traduzem algo muito superior ao que podemos pensar, desejar ou planejar. Assim como ele fez, devemos fazer também, aprendermos a nos submeter em obediência, mesmo que não entendamos os motivos.

Obediência à vontade de Deus é que revela o quanto estamos comprometidos com o Seu plano e o quanto confiamos na Sua vontade.