Cuidado para assegurar o fruto

Cuidado para assegurar o fruto

foto por: CDC em Unsplash

Ao entendermos quem somos em Deus, a nossa jornada e o quanto devemos ser oferta na vida dos outros, aprenderemos a colocar o nosso empenho e esforço no processo de amadurecimento para que possamos ser instrumentos na vida das pessoas para que deem frutos.

Jesus contando a estória de uma figueira, em Lucas, capítulo três, versículos de seis a nove, fala sobre isso: “Então Jesus contou esta parábola: Certo homem tinha uma figueira na sua plantação de uvas. E, quando foi procurar figos, não encontrou nenhum. Aí disse ao homem que tomava conta da plantação: “Olhe! Já faz três anos seguidos que venho buscar figos nesta figueira e não encontro nenhum. Corte esta figueira! Por que deixá-la continuar tirando a força da terra sem produzir nada?” Mas o empregado respondeu: “Patrão, deixe a figueira ficar mais este ano. Eu vou afofar a terra em volta dela e pôr bastante adubo. Se no ano que vem ela der figos, muito bem. Se não der, então mande cortá-la.”” (Lucas 13.6–9, NTLHE).

Temos que dar frutos e nos empenhar em favor dos outros, ensinando-lhes sobre a vontade de Deus para que possam amadurecer e dar frutos que O revelam ao mundo, pois se continuamos a revelar os valores naturais, somente expressamos que não entendemos nada sobre quem somos e como devemos viver neste mundo, pois é nosso papel revelar Deus à todos.