Uma oferta que nos ensina

Revelamos o amor pela oferta que fazemos

foto por: Rémi Walle em Unsplash

Precisamos compreender a profundidade e a implicação da oferta de Maria diante do que o anjo lhe havia falado, pois não podemos e nem devemos agir diferente dela conhecendo o amor de Deus e a Sua salvação como temos experimentado.

Diante dos riscos da lei e do fato de que poderia morrer por se engravidar antes de consumar o casamento, Maria se coloca como oferta para ser aquela por meio de quem Deus viria ao mundo, como podemos ler em Lucas, capítulo um versículo trinta e oito: “Então, disse Maria: Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra. E o anjo se ausentou dela.” (Lucas 1.38, BEARA).

E nós? Ao conhecermos e compreendermos a salvação que nos é dada por Deus, por meio de Cristo, tendo o entendimento da obra que Ele realizou em nosso favor, para nos reconciliar com o Pai, para que recebêssemos um novo coração, fôssemos feitos nova criatura, capacitados e habilitados para viver a plenitude da vontade do Pai, como nos portamos? Ofertamos nossas vidas para que outros possam conhecê-Lo ou ainda insistimos em viver nossas vidas e nossa vontade como se nada disso conhecêssemos? Que possamos compreender a vontade do Pai e aprendermos com Maria a sermos a oferta.

Anúncios