Conhecendo o amor de Deus

foto por: Leighann Renee em Unsplash

O amor de Deus não está no que sentimos, mas no que fazemos que expressa esse amor ao mundo, pois quem é filho de Deus, quem O conhece, compreende que deve amar como Cristo amou, pois Ele se entregou em nosso favor para que nós conhecêssemos o Pai. Assim como Ele fez, devemos fazer em relação aos nossos irmãos.

João, escrevendo em sua primeira carta, capítulo três, afirma no versículo três: “Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos; aquele que não ama permanece na morte.” (1João 3.14, BEARA). E depois, ele afirma do versículo dezesseis ao dezoito: “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa vida pelos irmãos. Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.” (1João 3.16–18, BEARA).

Amar com o amor de Deus é compreendermos que assim como recebemos Dele a vida, resultante da oferta de Cristo, assim devemos fazer com relação aos nossos irmãos. Devemos fazer de nossas vidas a oferta para que possam conhecer o Pai. Amamos quando praticamos a justiça, repartimos de nossa abundância com quem não tem, quando não só suprimos as necessidades materiais, mas especialmente, quando fazemos da nossa vida a oferta em favor do outro, sendo exemplos, imitadores de Cristo e vivendo neste mundo segundo a natureza de Deus, revelando o reino e a vontade do Pai para nós.

Quando praticamos as obras de Cristo, fazendo como Ele, revelamos que temos conhecido e compreendido o Seu amor por nós.

Anúncios