Sem o Senhor nada podemos fazer

foto por: Jeremy Bishop em Unsplash

A vida cristã não se trata do que podemos fazer para Deus, dos sacrifícios que podemos entregar para alcançar o Seu favor, mas, do entendimento que somos miseráveis e que não existe em nós nada de bom que possamos fazer por nós mesmos, mas Ele nos escolheu e nos inseriu em Sua vida para que permanecendo Nele, possamos produzir muitos frutos segundo a Sua vontade.

Jesus ensinando com relação a isso, no evangelho de João, capítulo quinze, do versículo um ao sete afirma: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.” (João 15.1-7, BEARA).

Este é o entendimento que devemos ter: Permanecer no Senhor é compreendermos que temos que viver segundo os Seus ensinamentos. Ele deseja que sejamos Seus amigos, por isso nos deu a conhecer de toda a Sua vontade. Compreendermos que estamos na videira, que somos seus ramos, e que Ele poda para que produzamos mais frutos, está relacionado à nossa jornada de amadurecimento, de deixarmos de pensar na perspectiva natural e vivermos segundo os valores eternos, para revelarmos e expressarmos Cristo em todas as nossas ações.

Quando andamos na vontade do Senhor, revelando as Suas virtudes e proclamando Cristo como Senhor de nossas vidas, nós semeamos o conhecimento da vontade do Pai e os frutos, sejam para revelar o Senhor, sejam para conduzir as pessoas ao Seu conhecimento e vontade e assim entendermos que sem o Senhor, sem permanecer nas Suas palavras não podemos produzir qualquer fruto que possa revelá-Lo.

Anúncios