Trabalhar pelo que é eterno

foto por: Ryan Stone em Unsplash

Precisamos agir como filhos de Deus, compreendendo a nossa identidade, natureza e o propósito para nossas vidas, e não buscarmos Deus somente na perspectiva de ter nossos problemas cotidianos resolvidos.

Não se trata de agradar a Deus e Ele fazer o que desejamos que faça, como se fosse uma negociata. Viver o Reino se trata de andarmos neste mundo como filhos, revelando o Pai e manifestando as Suas virtudes às pessoas, revelando o fruto do Espírito.

Jesus falando sobre isso, no evangelho de João, capítulo seis, versículos vinte e seis e vinte e sete, afirma: “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos fartastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo.” (João 6.26–27, BEARA) .

Trabalharmos pelo que é eterno é focarmos em relacionamentos que têm o propósito de manifestar o Pai ao mundo. Nos nossos relacionamentos, na maneira como agimos e reagimos diante das pessoas, precisamos  revelar o Pai, pois só assim, estaremos fazendo a oferta que O agrada e que glorifica o Seu nome.

Anúncios