A questão do conhecimento

foto por: Priscilla Du Preez em Unsplash

A vida com Deus se trata de conhecê-Lo, Sua vontade e a ela nos submetermos, vivendo por fé, andando neste mundo segundo o que Ele estabeleceu e capacitou. Uma vida por fé requer de nós o conhecimento da palavra proferida por Cristo, crermos nisso e viver segundo essas palavras.

Quando não a conhecemos pode haver falta de entendimento ou mesmo o surgimento de heresias que não traduzem o que está nas escrituras. Na igreja de Corinto haviam algumas que não criam na ressurreição dos mortos.

Paulo afirma no capítulo quinze, da primeira carta aos Coríntios, versículos treze e quatorze: “E, se não há ressurreição de mortos, então, Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé;” (1Coríntios 15.13–14, BEARA).

Agora o que precisamos entender? Que o fundamento de nossa vida é a ressureição dos mortos. Se desprezarmos isso, estamos desconstruindo tudo que cremos e fazemos. Por isso, precisamos compreender que temos que conhecer as Escrituras e a vontade de Deus expressa em Sua palavra para não cairmos neste equívoco, pois podemos ser levados a este tipo de heresia.

Sobre esta questão Paulo escreve, afirmando nos versículos trinta e três e trinta e quatro:  “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes. Tornai-vos à sobriedade, como é justo, e não pequeis; porque alguns ainda não têm conhecimento de Deus; isto digo para vergonha vossa.” (1Coríntios 15.33–34, BEARA).

Quando queremos viver a vida cristã sem conhecer o Pai e a Sua vontade, somos levados por nossos sentimentos e desejos naturais que nos afastarão do verdadeiro ensino e da vontade Daquele que nos tirou das trevas.

Anúncios