No saber precisa haver amor

foto por: Charlein Gracia em Unsplash

Não compreendemos o amor de Deus que foi derramado em nossas vidas para exercermos em favor dos que estão a nossa volta e enganados pelo nosso saber, não agimos com compaixão e amor, não sendo o instrumento que precisamos ser na vida dos outros, porque não pensamos neles, somente em nós e no conhecimento e entendimento que temos.

Paulo na sua primeira carta aos irmãos de Corinto, capítulo oito, aborda essa questão e no versículo um, ele começa afirmando: “No que se refere às coisas sacrificadas a ídolos,reconhecemos que todos somos senhores do saber.O saber ensoberbece, mas o amor edifica.” (1Coríntios 8.1, BEARA).

Precisamos entender que a base do relacionamento, comunhão e do viver em família, está o amor para a edificação e que não devemos fazer tudo que compreendemos, mas agir, como instrumento na vida do outro.  Nosso conhecimento e entendimento tem como propósito conduzir os irmãos à maturidade e ao conhecimento da vontade de Deus e não para andar segundo o entendimento e conhecimento que temos.

Por isso, mesmo sabendo, como no caso que o alimento sacrificado a ídolo nada é, não podemos agir como entendemos, mas pela necessidade dos que estão à nossa volta, por isso, nos versículos nove e dez, Paulo afirma: “Vede, porém, que esta vossa liberdade não venha, de algum modo, a ser tropeço para os fracos. Porque, se alguém te vir a ti, que és dotado de saber, à mesa, em templo de ídolo, não será a consciência do que é fraco induzida a participar de comidas sacrificadas a ídolos?” (1Coríntios 8.9–10, BEARA).

Quando estivermos fazendo alguma coisa, assim como fazemos com os nossos filhos, devemos pensar nos que ainda são imaturos e agirmos pela expressão de amor, sacrificando os nossos desejos e conhecimento em favor daqueles que precisam amadurecer e conhecer a vontade do Pai. Nem tudo que pudermos fazer, pelo conhecimento que temos é conveniente, por causa do fraco para não sermos motivo de tropeço. Expressamos o conhecimento de Deus pelo amor que revelamos através de nossas ações em favor deles.

Anúncios