Obedecendo ao Senhor!

foto por: Jorge Luis Ojeda Flota em Unsplash

Vivermos o reino não é andarmos pelo que vemos, pela perspectiva do que parece ser, mas temos que aprender a obedecer e a fazer a vontade de Deus, mesmo que tudo pareça que está contra ou que o resultado será algo bem previsível diante de nossos olhos. Andamos por fé em obediência a vontade do Pai.

Temos o exemplo de Ananias diante da conversão de Saulo. Saulo tinha recebido uma ordem do Senhor, depois de cair do cavalo a caminho de Damasco. Ananias recebe uma ordem para ir orar por ele, mas o que fala Ananias?

Podemos ler sobre isso em Atos, capítulo nove, do versículo treze ao dezesseis: “Ananias, porém, respondeu: Senhor, de muitos tenho ouvido a respeito desse homem, quantos males tem feito aos teus santos em Jerusalém; e para aqui trouxe autorização dos principais sacerdotes para prender a todos os que invocam o teu nome. Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel; pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome.” (Atos dos Apóstolos 9.13–16, BEARA). Então, Ananias em obediência foi e fez o que o Senhor lhe tinha ordenado. O resultado? Podemos ler nos versículos dezoito e dezenove: “Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado. E depois de ter-se alimentado, sentiu-se fortalecido. Então, permaneceu em Damasco alguns dias com os discípulos.” (Atos dos Apóstolos 9.18–19, BEARA).

Que possamos compreender que nem sempre é o que parece, mas temos que aprender a ouvir e a obedecer à vontade do Senhor. Sermos a expressão do Seu querer. Ele nos envia onde precisamos ir para sermos a concretização do Seu plano e vontade, assim como Ananias, mesmo que pareça improvável o resultado, devemos obedecer.

Anúncios