A misericórdia de Deus revelada

matheus-ferrero-159633

foto por: Matheus Ferrero em Unsplash

Ao entendermos a misericórdia de Deus em nosso favor, não podemos agir diferente Dele com relação àqueles que não O conhecem e que ainda estão perdidos, sem entendimento e sem conhecimento da Sua vontade. Precisamos entender que como filhos, pelo entendimento que temos do Pai, não podemos deixar de nos oferecermos para sermos a salvação daqueles que ainda não tem conhecimento.

Paulo escrevendo, na carta aos Efésios, capítulo um, do versículo um ao três, afirma: “Antigamente, por terem desobedecido a Deus e por terem cometido pecados, vocês estavam espiritualmente mortos. Naquele tempo vocês seguiam o mau caminho deste mundo e faziam a vontade daquele que governa os poderes espirituais, o espírito que agora controla os que desobedecem a Deus. De fato, todos nós éramos como eles e vivíamos de acordo com a nossa natureza humana, fazendo o que o nosso corpo e a nossa mente queriam. Assim, porque somos seres humanos como os outros, nós também estávamos destinados a sofrer o castigo de Deus.” (Efésios 2.1–3, NTLHE).

E o que precisamos entender é que estávamos mortos, mas que a misericórdia de Deus agiu em nosso favor e nos reconciliou por meio de Cristo Jesus, podemos ler sobre isso do versículo quatro ao seis: “ Mas a misericórdia de Deus é muito grande, e o seu amor por nós é tanto, que, quando estávamos espiritualmente mortos por causa da nossa desobediência, ele nos trouxe para a vida que temos em união com Cristo. Pela graça de Deus vocês são salvos. Por estarmos unidos com Cristo Jesus, Deus nos ressuscitou com ele para reinarmos com ele no mundo celestial.” (Efésios 2.4–6, NTLHE).

O que precisamos entender? Que estávamos mortos, que Ele nos reconciliou por meio de Cristo e que precisamos nos submeter a esse Deus para que conhecendo-O possamos viver a Sua vontade e sermos como o Cristo, revelando-O ao mundo e manifestando a Sua misericórdia às pessoas, mas mais que isso, sendo a oferta em favor de todos aqueles que ainda não O conhecem.

Anúncios