Recebidos como o Cristo

Somos filhos, somos semelhantes ao Filho de Deus

foto por: Boris Smokrovic on Unsplash

Não existe outra maneira de compreender o evangelho, o Reino de Deus, que não seja entendendo, segundo as Escrituras, que somos como Ele diante das pessoas. O nosso propósito de vida, segundo a vocação, é revelarmos o Reino, manifestarmos a Sua Justiça, agindo neste mundo como Ele, sendo Seus imitadores, sendo cartas vivas e andando pelo modelo de compaixão que temos Nele.

Jesus, no evangelho de João, capítulo treze, versículo vinte, diz que quem nos recebe, O está recebendo e quem O recebe, está recebendo o Pai: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem receber aquele que eu enviar estará também me recebendo; e quem me recebe recebe aquele que me enviou.” (João 13.20, NTLHE).

Tendo este entendimento, compreendendo que somos embaixadores de Deus, representantes da Sua vontade neste mundo, como devemos viver? Não temos outra maneira que não seja revelando-O e a Sua obra em nossas vidas. Não se trata de nos esforçarmos para sermos semelhante a Deus, mas sendo semelhante a Ele, por causa da Sua obra em nossas vidas, devemos viver como Ele, revelando-O às pessoas, manifestando Suas virtudes e agindo com compaixão e graça, pois quem nos recebe, precisa vê-Lo em e através de nós para que O conheçam e se submetam à Sua vontade.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s