Dar a vida em favor dos outros

Um pastor dá a vida pelas ovelhas

foto por: Patrick Schneider on Unsplash

Quando falamos de Reino de Deus, precisamos nos basear no modelo de Cristo, no Seu exemplo e agirmos como Ele que deu a Sua vida em favor de muitos para que conhecessem o Pai, assim devemos fazer. Precisamos entender que a nossa vida deve ser uma oferta em favor de todos, para que possam conhecer o amor do Pai.

Jesus veio para que tivéssemos vida em abundância. Ele fala sobre isso em João, capítulo dez, versículo nove e dez: “Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair e achará comida. O ladrão só vem para roubar, matar e destruir; mas eu vim para que as ovelhas tenham vida, a vida completa.” (João 10.9–10, NTLHE). Depois de falar sobre isso, ele afirma no onze, que como bom pastor, Ele dava a vida pelas ovelhas: “Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a vida pelas ovelhas.” (João 10.11, NTLHE). E nos versículos quatorze e quinze, podemos ler que Ele estava pronto para morrer por Suas ovelhas: “Eu sou o bom pastor. Assim como o Pai me conhece, e eu conheço o Pai, assim também conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem. E estou pronto para morrer por elas.” (João 10.14–15, NTLHE).

Somos convocados a sermos imitadores de Deus e sermos como o Seu Filho, porisso, precisamos entender que para viver o Reino, viver a família de Deus, não temos alternativa que seguir o mesmo modelo que envolve em dar a própria vida em favor dos outros. Quando assim fazemos, revelamos por meio de atos que conhecemos Deus, compreendemos a Sua vontade, que expressamos a compaixão, pois somente conseguindo enxergar a miséria alheia é que somos capazes de nos oferecer para sermos uma oferta em favor do outro, um sacrifício vivo para que possam conhecer ao Pai, Sua vontade e principalmente, crescer no conhecimento e expressão Daquele que nos tirou das trevas e nos levou para o Seu reino.

Anúncios