Pensando na mesma perspectiva de Jesus

como luz precisamos revelar e nos responsabilizar pelas pessoas

foto por: Paul Green on Unsplash

Ao compreendermos que somos filhos de Deus, que fomos criados à imagem de Seu Filho, que nascemos de novo, recebemos do Espírito Santo, somos espirituais, somos o sal da terra e a luz do mundo, precisamos pensar na mesma perspectiva de Cristo e chamar para nós a responsabilidade de conduzir as pessoas à Deus, agindo como Seus imitadores neste mundo.

Jesus conversando com os Seus discípulos, em João, no capítulo nove, versículo cinco, afirma: “Enquanto estou no mundo, eu sou a luz do mundo.” (João 9.5, NTLHE).

Assim como Ele, devemos agir, sendo Seus imitadores e chamar para nós esta responsabilidade, e pensarmos nesta mesma perspectiva, pois não fomos reconciliados com o Pai simplesmente para esperar os céus, mas, para sermos a luz neste mundo.  Somos a luz do mundo e assim devemos viver.

Por isso, não existe outra perspectiva que não a de Jesus. Somos responsáveis pelas pessoas que estão se perdendo, temos que santificar o nosso procedimento, temos e precisamos, como o Cristo, fazer da nossa vida uma oferta, um sacrifício vivo e levarmos Deus até as pessoas, agindo com compaixão, revelando misericórdia e graça aos homens, sendo luz neste mundo.

Anúncios